Ao navegar nesse site você aceita o armazenamento temporário dos dados de navegação para melhorar sua experiência. Saiba mais
Ok, Entendi!
Como escolher um ERP ideal para a sua indústria de esquadrias
2020 18/01/2021 0 Comentário

Como escolher um ERP ideal para a sua indústria de esquadrias

O Empreendedor que deseja ver a sua empresa crescer precisa, muitas vezes, deixar a teoria de lado e partir para ferramentas práticas em busca de agilidade e facilidade na gestão.

Você já deve estar cansado de ler e ouvir sobre a importância da gestão no segmento de esquadrias. Independente do tamanho da empresa, a automação de processos facilita a rotina e otimiza tempo e dinheiro, impactando positivamente no crescimento dos negócios.

No entanto, empresas que continuam alimentando planilhas de Excel e gerenciando demandas manualmente acabam deixando o seu potencial escorrer pelo ralo abrindo mão do crescimento dos negócios pelo medo de dar um passo adiante no universo da gestão.

Mas antes de falarmos sobre os pontos a observar ao escolher um ERP para na área de esquadrias, vamos conhecer e entender de fato do que se trata um ERP.


O que é um ERP?

ERP é um acrônimo para Enterprise Resource Planning, uma ferramenta que integra processos que são essenciais para o funcionamento de um negócio, incluindo finanças, recursos humanos, vendas, logística entre outros. Em seu nível mais básico, o software ERP integra essas várias funções em um sistema completo para otimizar processos e informações em toda a organização.

A característica central de todos os sistemas ERP é ser um banco de dados compartilhado que suporta múltiplas funções usadas por diferentes unidades de negócios. Na prática, isso significa que os funcionários em diferentes áreas- por exemplo, administração e vendas - podem confiar nas mesmas informações para suas necessidades específicas.

O software ERP também oferece a elaboração de relatórios. Nesses casos, ao invés de alocar um funcionário da equipe para atualizar e mesclar os bancos de dados e planilhas com a função de gerar relatórios, o ERP permite que a equipe extraia relatórios diretamente do sistema com apenas alguns cliques. O processo facilita, por exemplo, para automatizar pedidos de vendas que vão diretamente para o sistema financeiro sem qualquer redigitação manual. Ao mesmo tempo, o departamento de gerenciamento de pedidos pode processar os pedidos com mais rapidez e precisão, e o departamento financeiro pode fazer as previsões de fluxo de caixa com mais rapidez.


Como escolher um ERP para o mercado de esquadrias?

Agora que você sabe o que é um ERP, separamos para você 5 aspectos para te ajudar a fazer uma escolha criteriosa do sistema para ser usado pela sua empresa, levando em conta os aspectos e necessidades do ramo de esquadrias.

1. Quantidade de funcionalidades

A quantidade de módulos e funções são extremamente importantes em ERPs, ainda mais quando se fala do ramo de esquadrias. O segmento é muito específico e precisa de funções pertinentes à rotina de quem trabalha com serralheria e vidraçaria. Ainda que um ERP genérico possa te auxiliar em funções administrativas, funções específicas podem deixar a rotina muito mais organizada, ágil e precisa.

2. Escalabilidade

Um sistema de gestão eficiente precisa ser escalável. Isso significa que a ferramenta deve acompanhar a trajetória da empresa, seja em situações de expansão ou retração, se adaptando ao cenário que ela está sem a necessidade de fazer uma troca de sistema. Esse fator proporciona redução de custos, tanto dos equipamentos e recursos técnicos, quanto dos humanos.

3. Suporte eficiente

Por mais simplificada que as operações sejam com um ERP, dúvidas sempre podem aparecer pelo caminho. E nessa hora, o suporte da empresa tem que estar preparado para atender a sua necessidade de forma ágil e precisa. Por isso, procure saber sobre as avaliações do suporte da empresa em sites de reclamações e pesquisas de satisfação.

4. Integração com outras plataformas

Uma das vantagens do ERP é a integração. Nele é possível associar o uso de outras ferramentas ou plataformas para executar atividades correspondentes à sua rotina. No caso de esquadrias, alguns sistemas permitem tanto o cálculo automático de impostos e envio de notas fiscais pelo software integrado com a SEFAZ, quanto a entrega de arquivos do SPED Fiscal, Contribuições e Bloco K.


5. Referência de especialistas e colegas de mercado

Adquirir um ERP de quem é autoridade no assunto, ainda mais sendo do seu nicho de atuação, faz toda a diferença! O histórico, os valores e a reputação perante o mercado passam credibilidade e garantem uma aquisição segura e que ajudará o seu negócio a se profissionalizar quando o assunto for gestão.

Agora que você já sabe quais pontos precisa analisar quando for escolher um ERP para o mercado de esquadrias, é hora de colocar em prática as dicas e começar a automatizar a gestão da sua empresa, Não se esqueça, a escolha de um sistema irá transformar toda a sua dinâmica de trabalho, então, é vital escolher a melhor e mais completa ferramenta.

E se você quer conhecer um ERP que atenda todas as necessidades do ramo serralheiro, que tal saber um pouco mais sobre o Faktory? Ele é o primeiro software ERP desenvolvido exclusivamente para a indústria de esquadrias. Com ele é possível fazer controle de estoque separado por obra, operações triangulares, controle de beneficiamento, corte e montagem de esquadrias, assim como visualizar e acompanhar os resultados financeiros das obras, fluxo de caixa previsto e realizado, tudo num único sistema!

Clique aqui, agende uma avaliação e descubra porque o Faktory é a melhor opção de ERP para o seu negócio.

Notícias Relacionadas